Artemísia

Já conhece a descendente das guerreiras amazônicas?

Em 2018, Artemísia, descendente direta das Icamiabas, estreou nas HQs nacionais

terça-feira, 27/10/2020, 16:41 - Atualizado em 27/10/2020, 19:54 - Autor: Juliana Angelim


| Ton Lima

No último dia 15, a DC Comics anunciou que sua nova saga DC Future State contará com uma Mulher-Maravilha brasileira e natural da Amazônia, a qual denominaram de Yara Flor. No contexto nacional, por sua vez, desde 2018 temos uma protagonista de história em quadrinhos que é descendente das Icamiabas, as lendárias guerreiras amazônicas: trata-se de Artemísia, personagem criada por Francélia Pereira e ilustrada por Ton Lima.

Artemísia nasceu no planeta Vênus, dezesseis séculos após uma grande catástrofe ter obrigado os seres humanos a abandonar a Terra e migrar pelo Sistema Solar. Oriunda de uma família nobre, ela foi sequestrada quando criança e acabou tornando-se uma guerreira mercenária. Ao sofrer uma abaladora traição, decide encontrar o Muiraquitã Original, pedra sagrada que contém o dom da eternidade. A HQ, denominada Artemísia – O Muiraquitã Original, traz no primeiro volume o início dessa busca pela pedra – ou melhor, o início de uma jornada de autoconhecimento que levará Artemísia a se conectar com sua essência e ancestralidade icamiaba.

Capa da HQ
Capa da HQ Ton Lima
 

A personagem, todavia, não apareceu originalmente no âmbito dos quadrinhos.

Artemísia fez a sua estreia em Habitantes do Cosmos: Artemísia, primeiro livro escrito por Francélia Pereira. Em 2015, a obra foi publicada pela editora Buriti, impulsionando a autora (que à priori pensou na história de Artemísia como um spin off) a escrever novas histórias situadas no universo de Habitantes do Cosmos. Como resultado, em 2017, Francélia lançou uma série de light novel em três volumes: Habitantes do Cosmos 1 – Apocalipse, Habitantes do Cosmos 2 – Artemísia e Habitantes do Cosmos 3 – Nova Atlântida. Cada livro amplia a história dos demais, porém possui início, meio e fim em si mesmo. Assim, o leitor não precisa se deter à sequência numérica e pode começar a leitura pelo volume de sua preferência.

A série Habitantes do Cosmos
A série Habitantes do Cosmos Ton Lima
 

Dentre os personagens de Habitantes do Cosmos, Artemísia por certo se destaca.

Atendendo a pedidos do público, Francélia decidiu contar toda a história da guerreira em uma light novel só dela – e que tem o nome dela como título. Tanto a light novel Artemísia quanto a HQ Artemísia – O Muiraquitã Original teve seu primeiro volume publicado em 2018. A HQ, especificamente, adapta o capítulo 3 de Habitantes do Cosmos 2 – Artemísia, acrescentando detalhes, lutas e outros elementos não mostrados no livro. O lançamento ocorreu na Comic Con Experience 2018, e, em 2019, foi indicada ao Troféu Ângelo Agostini (uma das mais importantes premiações de histórias em quadrinhos no Brasil), na categoria de melhor lançamento independente.

Sobre a autora

Francélia Pereira é mineira, de Belo Horizonte. Cursou Informática Industrial (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais), Pedagogia (Universidade Federal de Minas Gerais) e Letras (Faculdade Pedro II). Começou a desenvolver seus projetos literários no final de 2013 e hoje dispõe de outros títulos publicados de maneira independente, tais como o livro de contos Histórias do passado e do futuro e a série de light novel Fallen Angels.

Onde adquirir as obras do universo Habitantes do Cosmos

Os ebooks das light novels e da HQ estão à venda no site da Amazon. Pela loja virtual da autora, é possível adquirir a versão física da light novel Artemísia e da HQ Artemísia – O Muiraquitã Original. Além disso, até o dia 14 de novembro, segue aberta uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse em que os apoiadores recebem as obras como recompensa, nos formatos físico e ebook.

Para mais informações, acesse o blog Universo HDC.

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS